"Curiosidades sobre o Estilo Stout."


Quem nunca se apaixonou por Guinness, que brinde no primeiro copo.


Vamos entender um pouco sobre a história do estilo. Nasceu na Irlanda inspirada pelo estilo Inglês Porter. A Porter foi criada no século XVIII com o intuito de ser cerveja para alimentar trabalhadores braçais, para ser servida como refeição. Tratava-se de cerveja robusta e encorpada, dessa forma, alimentando-os e hidratando-os para trabalhos pesados. Suas características sensoriais já mudaram muito de sua criação até hoje, devido às mudanças de matérias-primas disponíveis na época. Mas sempre se mantendo doce, ou algumas versões lupuladas e alcóolicas.


As Stouts surgem nesse mesmo período como uma subcategoria das Porter e com o passar dos anos e variações nas receitas e matérias-primas chegou a necessidade de separar os estilos, uma vez em que foram tomando características diferentes, usando nas Stouts maltes mais torrados, tendo assim mais notas de café, portanto menos doces e mais secas.


Com o decorrer dos anos, vários substilos de Stouts foram sendo criados e hoje temos (pelo menos) mais de 10 subcategorias registradas pelo BCJP, (Beer Judge Certification Program) sendo eles: Dry Stout (tendo a Guinnes como a mais famosa representante), Sweet Stout, Otmeal Stout, Foreign Extra Stout, American Stout, Fruit Stout, Russian Imperial Stout (RIS - a mais extrema e robusta), Tropical Stout, Irish Stout e Irish Extra Stout. Vanilla Stout Isso, considerando o guia de 2019, portanto não me surpreenderia se esse número já estiver para aumentar, uma vez que as invenções não param de crescer...


Haja horas-copo para estudar estilos, amigos!


Curiosidade sobre a Guinness:


Nasceu bem pequenina na Irlanda, na cidade de Liexlip em 1779. Cerveja Batizada com o nome do seu criador Arthur Guinnes, que já pensando no crescimento do produto, posteriormente alugou uma cervejaria desativada em Dublin para expandir os negócios e com o tempo se tornou a marca mais famosa para o estilo, produzindo sua cerveja em mais de 50 fábricas espalhadas pelo mundo para conseguir atender sua grande demanda de distribuição.


Segue a mesma receita há mais de 250 anos e mantém o mesmo slogan Guinnes is good for you”.


Outra curiosidade é sobre o nitrogênio mantido na embalagem de Dry Stout, denominado Wigget, que ao servir, ajuda a formar um colarinho denso e cremoso no copo. A ideia é manter a carbonatação leve e causar a mesma sensação de boca de uma cerveja servida na pressão.

Atualmente uma grande “dificuldade” que temos em estudar um determinado estilo, é a grande variedade de adjuntos que o mercado tem praticado. É tanta preocupação em produzir cervejas com um diferencial que está sendo raro encontrar estilos clássicos. Por exemplo, o estilo proposto de aula dessa semana é a Russial Imperial Stout. Foi fácil conseguir comprar? Faço essa pergunta porque sempre o estilo vem seguido de algo a mais. Não existe mal nenhum nisso, é apenas uma tendência de mercado em que todos buscam originalidade com um ingrediente inusitado e o original hoje se tornou raro. Portanto, é possível que muitos de vocês sintam durante a análise sensorial, algumas particularidades que fazem parte do rótulo de sua escolha.


Curiosidade Geral sobre as Stouts


Apesar de todo produto perecível seguir obrigatoriamente data de validade, trata-se de um estilo em que não precisa necessariamente ser consumido dentro do prazo. Pode ter algumas garrafas esquecidas em sua adega e degustar depois do vencimento. São as chamadas Cervejas de Guarda. Várias categorias são ótimas para isso, inclusive a que vamos estudar hoje. A RIS.


Alguns rótulos, quanto mais velho, melhor! A tendência é a cerveja ganhar corpo na garrafa e se tornar mais cremosa e licorosa. Como se trata de algo vivo, cada degustação de cerveja de guarda, traz suas particularidades. É um desafio muito agradável de fazer. Com o termo conhecido por Slow Drink – beber sem pressa.


Análise Sensorial da RIS


Segundo o BCJP. Estilo de Categoria 20C


Impressão geral


Uma cerveja escura, robusta com sabor intenso, com uma ampla variedade de balanços de sabor e interpretações regionais. Malte torrado com sabor a frutas escuras ou secas e um acabamento agridoce e quente. Apesar dos sabores intensos, os componentes precisam se fundir para criar uma cerveja complexa e harmoniosa, não uma bagunça quente.


Aparência


A cor pode variar de marrom avermelhado muito escuro a preto azeviche. Opaco. Bronzeado profundo a espuma marrom escura. Geralmente tem uma espuma bem formada, embora a retenção possa ser baixa a moderada. Álcool e viscosidade altos podem ser perceptíveis quando a cerveja é agitada em um copo.


Aroma


Rico e complexo, com quantidades variáveis ​​de grãos torrados, malte, ésteres frutados, lúpulo e álcool. O caráter de malte torrado pode assumir tons de café, chocolate escuro ou levemente queimado e pode ser leve a moderadamente forte. O aroma do malte pode ser sutil a rico e parecido com o de cevada. Opcionalmente, pode mostrar um leve caracter de malte especial (por exemplo, caramelo), mas isso só deve adicionar complexidade e não dominar. Os ésteres frutados podem ser de baixo a moderadamente fortes e podem assumir um caráter complexo e escuro de frutas (por exemplo, ameixas, uva passas). O aroma do lúpulo pode ser muito baixo a bastante agressivo e pode conter qualquer variedade de lúpulo. Um caracter de álcool pode estar presente, mas não deve ser nítido, quente ou com solventes. As versões antigas podem ter uma ligeira qualidade vínica ou madeira, mas não devem ser azedas. A balança pode variar com qualquer um dos elementos aromáticos. Nem todos os aromas possíveis descritos precisam estar presentes; muitas interpretações são possíveis. O envelhecimento afeta a intensidade, o equilíbrio e a suavidade dos aromáticos.


Sabor


Rico, profundo, complexo e frequentemente bastante intenso, com quantidades variáveis ​​de malte / grãos torrados, malte, ésteres frutados, amargor e sabor do lúpulo e álcool. Amargor médio a agressivamente alto. Sabor médio a baixo a alto (qualquer variedade). Os sabores de malte / grão torrados moderadamente a agressivamente altos podem sugerir chocolate agridoce ou não açucarado, cacau e / ou café forte. Um grão ligeiramente queimado, groselha queimada pode ser evidente. Os ésteres frutados podem ser baixos a intensos e podem assumir um caráter de fruta escura (passas, ameixas ou ameixas). A espinha dorsal do malte pode ser equilibrada e dar suporte a vinhos ricos e parecidos com cevada e, opcionalmente, pode mostrar alguns sabores de caramelo ou tostados. O paladar e o acabamento podem variar de relativamente seco a moderadamente doce, geralmente com alguma persistência de aspereza, amargor de lúpulo e caráter de aquecimento. O equilíbrio e a intensidade dos sabores podem ser afetados pelo envelhecimento, com alguns sabores se tornando mais moderados ao longo do tempo e algumas qualidades envelhecidas, vínicas ou semelhantes à madeiras.


Sensação na boca


Cheio a muito encorpado e mastigável, com uma textura aveludada e deliciosa (embora o corpo possa declinar com condicionamento prolongado). O calor suave do álcool deve estar presente e perceptível, mas não uma característica primária; em versões bem condicionadas, o álcool pode enganar. Não deve ser xarope ou sub-atenuado. A carbonatação pode ser baixa a moderada, dependendo da idade e do condicionamento.


IBU: 50 a 90

SRM: 30 a 40

ABV: 8% a 12%


Dicas de Stout no Empório Toscana


Lohn Carvoeira – Uma das cervejas mais premiadas hoje no Brasil em relação ao seu estilo, é considerada uma das maiores Imperial Stout. Extremamente encorpada, alcoólica, mas redonda.


Kerel Stout – É uma Stout feita por belgas, tem um corpo mais leve, notas torradas, lembrando café e chocolate meio amargo.


Quatro Graus Comfort Stout – É uma cerveja extremamente alcoólica, de corpo médio para alto, com muita nota de chocolate meio amargo e café.


Fuller’s Imperial Stout – É uma das principais Imperial Stout do mundo, mas não é para menos vindo da Cervejaria Fuller’s, não é mesmo? Bem encorpada, com notas de café e chocolate amargo.


Até a próxima :)

Karina Hauch.


#EmporioToscana #RibeiraoPreto #ToscanaBeerBox #ClubeToscana #Stout #SemanadaStout

136 visualizações

© Desde 2012 por EMPÓRIO TOSCANA

Razão Social:  Tavares Empório Toscana Ltda ME - CNPJ: 16.723.822/0001-30

Contato: 16 3235-5779 / sac@emporiotoscana.com

Endereço: Av. Anhanguera 1087 - Ribeirão Preto - SP

Políticas de Venda, Prazo e Troca

Delivery: seu pedido é entregue entre 30 e 90 minutos ou no prazo a combinar, qualquer problema entrar em contato direto com telefone 16 3235-5779.

Loja Virtual e Clube Toscana: prazo de entrega a combinar entre vendedor e comprador, e todas as informações estão no link: www.emporiotoscana.com/clubeduvidas